EQUINÓCIO – 22 de Setembro de 2016

É Primavera no Sul, É Outono no Norte

Por Nazaré Abreu, Agente 222

Na natureza, durante metade do ano os dias aumentam e as noites diminuem e na outra metade ocorre o processo inverso, os dias vão diminuindo e as noites aumentando. Há dois polos principais ou picos de cada uma das forças – do dia e da noite – que são os solstícios e que abrem o Verão e o Inverno, através de Câncer e Capricórnio. E existem também dois pontos neutros de equilíbrio, em que o dia e a noite têm exatamente a mesma duração, que são os equinócios da Primavera e do Outono, representados por Áries e Libra.

No dia 22 Setembro de 2016, o Sol atravessa o equador de norte para sul e entra no signo de Libra marcando o início do Outono no hemisfério norte e da Primavera no hemisfério sul. E, nesse dia, a força do dia e a força da noite estão perfeitamente equilibradas.

Em Libra no hemisfério norte este equinócio é como o pôr do sol, aquele momento mágico de suspensão em que o raio verde antecede o desaparecimento do Sol e o início profundo da noite. No hemisfério Sul este dia tem a força esplendorosa e a liberação sonora, olfativa e o despertar de todos os sentidos do amanhecer.

E então quando o Sol passa pelo ponto de interseção entre a eclíptica (o caminho aparente do Sol) e o equador, os hemisférios ficam igualmente iluminados e, graças ao equilíbrio entre a força do dia e a da noite, temos um ponto zero e a possibilidade de escolher qual será a nossa próxima direção.

E o lembrete é, que podemos transformar o ou no e, compreender que tudo são gradações e relações dentro do todo – que tudo e todos formamos – e optarmos por um modelo em movimento que em vez de compartimentar e atrofiar, possibilitar – através da reconexão profunda com as nossas raízes orgânicas – superar a dualidade e perceber a vida não como uma oposição e sim como uma constante comunicação e interação entre as partes.

A astrologia é um caminho de sabedoria que descreve um universo em mutação constante e que na prática funciona como o roteiro de um filme que poderá ser filmado das mais variadas maneiras de acordo com o universo de significados de cada diretor.

Falando um pouco de Astrologuês

O mapa do equinócio é um mapa de grande tensão uma vez que a Lua em Gémeos vem activar fortemente a cruz mutável mas essa pressão já está a diminuir através de vários fatores que passo a enumerar. Antes de mais nada a quadratura entre Saturno e Netuno que começa a  desmanchar. Vénus regente de Libra também já está a desmanchar a oposição ao Urano em Áries e dia 23 mergulha em Escorpião começando o trígono a Netuno, que inicialmente irá suavizar muita coisa. Marte também já está quase fora das quadraturas mas é fundamental que haja total atenção ao detalhesinho final e de modo nenhum perder o foco antes da conclusão total. Marte está passando pelo centro da Galáxia, sua ação está despojada, inteira, inspirada, aproveite e incorpore aquilo em que acredita e aquilo que quer!

Também no dia 22, Mercúrio fica Directo a 14º Virgem – está conjunto ao Nodo Norte a 12ºVirgem, oposto ao Netuno e quadrado a Saturno – reforçando a indicação desse novo e grande desenvolvimento não só da ação com Marte mas também da comunicação com Mercúrio. É preciso  pensar, trocar ideias, separar o joio do trigo, organizar, começar a construir e a dar passagem àquilo que pode resolver as situações complicadas que se apresentam em relação ao nosso presente e ao nosso futuro.

Precisamos de observar cada detalhe  e cada um de nós afirmar a sua qualidade, cada um a mostrar e a manifestar o seu caminho mas também a entender e a aceitar a pluralidade e o outro difererente de mim. Encontrar esse equilíbrio sendo capaz de concordar, de conciliar e de aderir será fundamental, pois com a conjunção do Sol a Júpiter a magnificar tudo, podemos ter um grande avanço.

Também teremos que trabalhar o ponto de equilíbrio entre o esforço e a entrega, o grande paradoxo entre o limite e medida certa metódica e exata de Virgem e o mar infinito e inalcançável de Peixes, os ideais de Libra e de Sagitário e a capacidade de manifestação de Capricórnio dentro de nós. Até porque dia 27 de Setembro Marte entra em Capricórnio.

Com Netuno conjunto ao nodo sul continuamos ainda a dissolver obstruções instaladas no nosso passado. E com Mercúrio oposto ao Quiron ainda estamos a curar as nossas crenças e a própria percepção que temos das coisas, ainda teremos que ampliar aprofundar e mudar muito a nossa percepção e entendimento. E o Quiron R meio sextil a  Úrano R também apresenta alguma tecnologia elétrica e também talvez magnética a nosso favor.

Conclusão ou Dualidade versus Consciência

Portanto e se possível, nada de grandes decisões até meados de Outubro. Por agora temos que terminar de colher, de separar e de preparar.  Reunir, agradecer  e festejar fica mais para meados de Outubro, pois durante as finalizações e até à finalização total é preciso não perder o foco nem a concentração. Será que iremos conseguir ir além e assumir esse dualismo presente em tudo, como uma dinâmica e não como uma oposição estática num universo fechado em si mesmo, conseguiremos  Incluir todos os caminhos, aceitar a pluralidade e reconciliar?

Porque mesmo que para nós nada pareça estar bem, no universo está sempre tudo bem e naturalmente enquanto uma força aumenta a outra diminui e assim sucessivamente até realizar o seu potencial através do significado que essa experiencia tiver para nós.

Ou ainda voltando à ideia do equinócio,  luz e sombra, vida e morte, num percurso em que o ciclo solar faz um registro escrito através da mudança da vegetação, das estações e séries ciclicas, numa constante transformação – vivida por nós e pela natureza ao longo do ano – que ocorre graças à interação dos dois opostos constantemente interagindo, se interpenetrando e se transformando, ou como muito bem diz Rudhyar:

“Tudo é tudo, o que muda é a proporção ou combinação que ocorre.”*

E principalmente porque falamos de Libra que representa a comunidade, o estar em comum, pôr em comum, com elegância, equilíbrio e justiça ou da maneira certa, perceba se tudo está no seu devido lugar, no lugar onde voce quer que esteja, se no salão está tudo pronto e a postos pois a festa está prestes a começar.

Por Nazaré Abreu, Agente 222

Perfil e Contatos da Agente 222

* Ritmo do Zodíaco – O Pulsar da Vida – Dane Rudhyar – Editora Alhambra 1985